segunda-feira, 16 de julho de 2012

27 cozinhas americanas em apartamentos pequenos.

Se você mora em um apartamento pequeno e adora o seu cantinho, saiba que é possível aproveitar bem o espaço fazendo uma cozinha integrada à sala.
As cozinhas americanas são áreas integradas entre sala e copa que garantem a união com as pessoas queridas durante as refeições. Separamos 27 sugestões que servem de inspiração para o seu projeto: tudo com pouco espaço, mas muito estilo.




Com pouco espaço, este ambiente integrado foi projetado com foco no convívio social. A bancada bicolor com folhas de MDF recebe um tampo laminado. Com as mesmas cores do piso e do módulo da sala, esta peça branca ajuda a interligar os ambientes.

 

Paredes derrubadas: esta foi a solução para ampliar o espaço deste apartamento de 59 m². Quem ganhou foi a cozinha, que prima pela elegância e praticidade. Feita de aglomerado sintético, a nova bancada integra os ambientes, amplia o espaço e disponibiliza quatro lugares para as refeições.



Neste apartamento, a reforma da cozinha trouxe jovialidade e amplitude para a área social. Totalmente branca, a decoração permitiu a ousadia do tom rosa da bancada. Para quebrar o impacto, um tampo de granito preto é colocado, ao lado de azulejos coloridos.



Destaque dos ambientes, o móvel preto da cozinha possui todos os eletrodomésticos necessários embutidos. Nele, é sobreposta uma peça de granito preto que segue na parede de cimento queimado. A iluminação arremata a decoração do ambiente, integrado com a sala pelo branco da peça de ambos os espaços.



A integração desta cozinha é diferente: foi feita com o quarto de um casal. A proposta pede um material aconchegante, por isso a madeira foi utilizada estruturalmente. A bancada, que separa visualmente os espaços, é camuflada por uma placa vermelha feita de pó de quartzo e granito processado.



A parede cor berinjela é o destaque desta cozinha. Este tom foi adquirido com tinta de automóvel, resistente à umidade e gordura típicas do ambiente. A bancada e os outros móveis brancos garantem o equilíbrio das cores. O vidro vermelho cobre as superfícies e arremata a decoração ousada desta cozinha integrada.



Repare no piso e na porta do passa-pratos: após a reforma de integração, é a madeira que confere unidade entre os ambientes. Este aparato permite o isolamento da cozinha, caso seja necessário por odores ou mesmo louça suja na pia. A bancada ainda possui dois lugares para as refeições.



A porta de correr com quatro folhas, feita de peroba-mica, integra as diferentes áreas deste apartamento. Aberta, ela permite o acesso à cozinha, onde se encontra a bancada de peroba com tampo de aglomerado branco.



A reforma deste apartamento derrubou a parede que separava a cozinha da sala. No lugar, uma bancada funcional de aço inox dá espaço para cooktop, escorredor e outros objetos. Atrelado a bancada, um aparato de MDF com pintura grofato vermelha disponibiliza dois lugares para refeições rápidas.



Com 46 m², este duplex foi personalizado. Materiais diferentes na cozinha e no living caracterizam os diferentes espaços. O piso de porcelanato preto contrasta com a bancada de laminado branco, destacando esta área da cozinha. Eletrodomésticos embutidos auxiliam na otimização do espaço.



Para deixar a cozinha integrada mais elegante, a arquiteta Carola Gouvêa fechou as laterais da bancada. As novas colunas de MDF são facilmente desmontáveis e o morador pode levá-las caso queira sair deste apartamento alugado. "Era importante que tudo fosse facilmente desmontável e reaproveitável para o caso de mudança", lembra a arquiteta. Um painel de peroba superior liga as colunas e possui um nicho para apoiar quadros. Na parte inferior, a mesma madeira cria a unidade de toda a reforma.



A reforma deste apartamento duplex de 90 m² presenteou o cozinheiro com a bela vista da varanda. Após retirar a porta e quebrar a parede, uma janela de alvenaria foi construída. Esta união da sala de jantar e da cozinha criou um espaço para refeições, com quatro lugares.



Neste antigo apartamento de 80 m², uma bancada, que era feita de laminado, separava a cozinha da sala. "Trocamos o tampo da bancada de laminado por madeira teca", conta o arquiteto paulista Leonardo di Caprio, que tocou o projeto ao lado da arquiteta Glaucia Helena Lima de Melo.



A solução para o pouco espaço, neste apartamento de 50 m², foi criar uma cozinha integrada. A pia ganhou lugar atrás do balcão revestido de vidro espelhado. Prateleiras e armários foram feitos ao lado do nicho da geladeira.



Neste apartamento alugado de 68 m², uma parede derrubada uniu a cozinha a sala. A base de madeira na bancada convida visitas aos petiscos e refeições. A responsável pela reforma é arquiteta Ana Flávia Dal Fabbro.



Com 36 m², este apartamento precisa de espaço. A sensação de amplitude é gerada pela integração dos ambientes, feita pela bancada. Revestida com uma lâmina de madeira, ela recebe uma placa de vidro, que é fácil de limpar. A transparência segue na decoração com as banquetas de acrílico.



Com tons pastéis, a decoração desse apartamento de 45 m² é básica. A integração dos ambientes é feita pela bancada e revela parte da cozinha. A reforma ficou por conta da arquiteta Raquel Tekuro Maruiti, da construtora MRV.



Na reforma deste apartamento, uma parede derrubada integrou a cozinha a sala. Ao lado da bancada de MDF, placas de porcelanato no piso integram os ambientes. A decoração clean é contrastada pelo vermelho da parede.



Móveis e revestimentos em preto e branco marcam a simplicidade do ambiente. A quebra da sobriedade é feita pela madeira e pelo vermelho nas áreas integradas pela bancada. Reforma da cozinha assinada pela arquiteta Elisa Mendel.



Este apartamento de 42 m² foi reformado, e ganhou uma cozinha integrada. Repare nos revestimentos: o mesmo tom de madeira foi utilizado nos móveis da cozinha e no piso da sala. A reforma ficou por conta da arquiteta Cristiane Dilly.



Nesta cozinha, uma mesa sobrepõe a bancada. A base desta mesa aproveita a parte inferior das paredes parcialmente demolidas na reforma. O piso, a parede e os móveis de ambos ambientes foram revestidos de branco: além de dar unidade ao espaço, este é um recurso que proporciona amplitude ao apartamento de 50 m² .



Esta é uma união diferente. No apartamento de 81 m² do arquiteto Bernard Leroux, a parede que separa a cozinha da sala possui um pilar estrutural. A integração das áreas na reforma foi feita com um vão que não influencia na estrutura. O balcão multiuso de granito preto serve tanto para servir convidados quanto para refeições rápidas.



Apenas um balcão preto separa a sala da cozinha, neste apartamento de 68 m². Esta é a cor base da decoração, que ajuda na integração por estar nos dois ambientes. O casal de publicitários Fernando e Melissa Alves utilizaram detalhes coloridos para descontrair o espaço. Projeto dos arquitetos Ricardo Miura e Carla Yasuda.



Na cozinha, a prancha de madeira da bancada continua na parede e no teto, criando uma moldura. A mesma madeira é utilizada na sala, criando unidade visual para a área integrada. Reforma realizada pelos arquitetos Flávio Butti e Alice Martins.



Neste apartamento de 80 m², a madeira prevalece em todos ambientes, unificando-os. A integração da cozinha com a sala fica por conta da bancada de ipê, que disponibiliza ainda dois lugares para refeições. As arquitetas Adriana Cocchiarali e Isabela Jock Piva assinam esta reforma.



A cozinha pode ser isolada da sala de jantar por apenas uma persiana e uma porta. Este recurso evita que o calor e a fumaça do preparo dos alimentos percorra pela casa. Assim, a janela ampla resolve a questão. A empresária Ivana Almeida pediu dicas para amigos arquitetos, mas direcionou a reforma sozinha.



Neste apartamento de 57 m², cozinha e sala é uma coisa só. As áreas são diferenciadas pelas cores marcantes, como o verde escuro do azulejo da cozinha. O contraste fica por conta do tapete da sala, em tons quentes.


Site - Casal Abril. Ambientes.
Publicado em 27 de Maio de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário